Trabalho e as Dinâmicas de grupo

diadotrab1 Trabalho e as Dinâmicas de grupoNa luta por um emprego a máxima “vale quase tudo” é mais real do que parece e a sacanagem já começa na seleção.
Se você nunca passou por uma dinâmica de grupo, levante suas mãos para o céu!
Essa é uma forma que empresas usam como processo seletivo e o pessoal do RH jura que é imprescindível e ainda defende o mico coletivo. (Mesmo que “de vez em quando/quase sempre” pareça uma revanche, vingança ou algo do estilo).
As situações constrangedoras são as mais diversas, mas encontramos um site que sugere algumas.
din Trabalho e as Dinâmicas de grupoSe a dinâmica é assim, imagina depois de conseguir o emprego!
Você já passou por uma situação parecida?
O que pediram para você ou o grupo fazerem?

Por favor, conte sua história nos comentários e se valeu a pena!!!

Feliz Dia do Trabalho até pra quem que, por enquanto, só dá trabalho!!!
You can leave a response, or trackback from your own site.

9 Responses to “Trabalho e as Dinâmicas de grupo”

  1. estilingue kid disse:

    Virge! Nunca passei por um mico desses não. Mas tem o seguinte: fazer uessa dinâmica de grupo com um bando de bonitinhas eu topava. hehe. Não quero parecer trivial ou leviano, mas é inevitável este pensamento. Quase uma fantasia. hehe. Mas o contrário (com mocréias ou marmanjos) está completamente fora de questão. Prefiro o desemprego.
    abraço
    estilingue kid

  2. Anonymous disse:

    Passei por um mico enorme na dinamica de grupo do trainee da AMBEV desse ano. Separaram a gente em dois grupos, um azul e um amarelo. Bom, nosso grupo teve q inventar uma musiquinha (grito de guerra) para a cor azul!! pqp!! ridiculo…e tinha gente querendo se mostrar prestativa e descolada dizendo: “vai azul, pra cima azul…sempre crescente como nossos conhecimentosss”! é LAMENTAVEL, nunca mais participei de nenhuma

  3. Anonymous disse:

    Na RBS te fazem ligar um fósforo e enquanto queima, tens que falar “o” motivo por querer a vaga. Péssimo.

  4. ANDRÉIA disse:

    Já participei de dinâmicas de grupo mo processo seletivo das Lojas Renner.

    Foi então que constatei que se você realmente quiser uma vaga, tem que pagar muitos gorilas,não basta apenas o currículo apresentável. Os tímidos são colocados pra escanteio logo de início.

  5. Sussu disse:

    Gente, acabei de passar po ruma experiência muito constrangedora, participei de uma dinâmica no Hospital Benef. Portuguesa, mais de 50 pessoas, entre elas diretores ,arquitetos e assistentes, maior mico, vc tinha que ir la na frente e responder 3 perguntas em um minuto… perguntinhas essas que na hora vc nem tem palavras pra tanta hopocrisia… que mico…dúvido que me liguem para a terceira etapa…

  6. lu disse:

    é humilhante mesmo ter que ir na frente de uma psicóloga q muitas vezes é muito menos competente q vc e ficar lá implorando pelo emprego. Sou timida, não sei como vou censeguir emprego desse jeito… infelismente parece q não adianta fazer faculdade, estudar, se matar, o importante é ser um palhaço e se sair bem na dinamica. fodam-se as pisicologas de rh!

  7. Trabalho disse:

    Dinamica de grupo é uma maneira ridícula das empresas exporem os candidatos a uma vaga, e o que é pior, diante dos seus concorrentes… MORTE A TODOS OS QUE APLICAM DINAMICA DE GRUPO!

    Revoltado

  8. Dentão disse:

    Gente, vcs precisam passar por dinâmica na área da saúde pública… tem que dramatizar – sempre tem histórias de dor, flagelo humano, sangue e DST´s, pra que os solidários candidatos à vaga se mostrem capazes de solucionar, de maneira solidária, em grupo solidário, o que o solidário SUS não soluciona há vinte anos.

  9. Menza disse:

    Dinâmicas de grupo só conseguem expor candidatos ao ridículo, se digladiando por uma vaga! Não dá para levar a sério qualquer empresa em que tal método alienado e inconclusivo seja AINDA adotado! Tanto faz se vc é qualificado para a vaga…td o que querem é justificar o injustificável através de um processo desumano, mesquinho e capaz de gerar traumas em muita gente. As pessoas que vêm aqui numa vã tentativa de defender o “método” deveriam apresentar dados empíricos, provando que toda essa merda funciona! E não me venha falar sobre pesquisas de estadunidenses…

Leave a Reply