Gravadora ou independente?

Não é de hoje que histórias como a da Mallu Magalhães, são cases de sucesso do time independente. Lilli Allen começou assim também e Fresno também é exemplo de banda “filha” da internet.

Sem dúvida ficou mais fácil ser ouvido mas e o retorno? Os citados acima vão muito bem obrigada mas não funciona assim a maior parte das vezes. Grana grande, divulgação absurda, assessorias mil e contratos cheios de “nhen nhen nhen”  ainda estão nas mãos de gravadoras.

mallu magalhaes 552x3671 Gravadora ou independente?

O que será que vale mais a pena hoje pra quem faz música? Se lançar de maneira independente e aguardar uma boa gravadora ou se manter longe das “exigências” musicais das mesmas a vida toda?

A discussão é muito boa e os dois lados dessa grande moeda musical estão lá na Snackzine. Dá uma conferida!

You can leave a response, or trackback from your own site.

One Response to “Gravadora ou independente?”

  1. Wesley disse:

    >> Lily Allen <<

Leave a Reply