Ainda há esperança no ser humano…

img11 Ainda há esperança no ser humano...

O senhor Daniel Manoel da Silva, um catarinense vítima das enchentes, devolveu 20 mil reais encontrados pela neta em um casaco recebido como doação.

Taí uma das manifestações de honestidade cada vez mais raras de se ver. Nem mesmo a situação precária resultante das enchentes fez com que esse pequeno agricultor contaminasse o seu caráter.

Entro em êxtase quando me deparo com notícias assim. Me invade uma sensação de euforia e esperança ao ver que ainda existem pessoas que valem à pena. Pessoas que num gesto como esse e que para a podre maioria da humanidade significaria passar recibo de trouxa por não lançar mão do dinheiro achado, contribui para uma rara materialização de honra e dignidade.

É um tapa na cara daqueles que se sujam inclusive por muito menos. Afinal para a maioria ignóbil, “achado não é roubado”, não é mesmo! Pois para mim, além disso ser desculpa de malandro é um grande engodo.

Uma vez escrevi um artigo (quem tiver interesse em ler, o link esse) que tratava justamente do assunto, aventando os aspectos éticos e legais da referida expressão popular.
E repetindo o que disse lá, sob a terminologia jurídica o “achado” de fato não pode mesmo ser roubado uma vez que só configura roubo a subtração de algo para si mediante violência ou grave ameaça (Art. 157 do Código Penal), mas pode ser apropriação indébita (Art. 169 do Código Penal).

Só que muito antes de alguma previsão legal, que por razões óbvias é desconhecida pela maioria, o que deveria mesmo imperar é a ética, a educação de berço, o culto ao cidadão de bem, impoluto, confiável e correto. Isso tem que ser enaltecido, servir de exemplo, propagado e passado adiante aos que dependem dos nossos ensinamentos – filhos e netos – para que amanhã possamos ter a certeza de que se deixarmos algo valioso ou não num banco de praça, lá permanecerá até voltarmos.

Utópico?? Pode ser. Mas é em uma sociedade assim que eu gostaria de criar os meus filhos.
Por enquanto, a única coisa de concreto que ainda nos resta é a esperança de encontrar cada vez mais pessoas como o Senhor Daniel…

You can leave a response, or trackback from your own site.

19 Responses to “Ainda há esperança no ser humano…”

  1. Dani Koetz disse:

    Belíssimo texto Ester! Maravilhoso exemplo de ser humano!
    Se isso é utopia, eu tbm sou uma sonhadora.

    Bjão!!!

  2. Renan Fernandes disse:

    virei seu fan depois desse texto…
    e como é bom ver pessoas assim.

  3. Carla Lorena disse:

    Atitude por demais louvável!!!!tb me considero sonhadora…os valores precisam ser resgatados, a ética, a moral, precisam ser propagadas…
    adorei o texto…

  4. Ester Beatriz disse:

    Obrigada Dani!!
    Esse tipo de coisa mexe muito comigo, porque infelizmente ouvimos e presenciamos muito mais notícias de atos desonestos do que de atos exemplares como o desse senhor. E que estes se tornem cada vez mais frequentes!
    Também continuarei sonhando! ;)
    Beijo!!!

  5. william disse:

    minha terra! ;)

  6. André disse:

    A gente fica muito feliz quando vê que apesar de tanta violência, tanta canalhice, tanta falta de amor no mundo, ainda existem pessoas (e muitas por sinal) que nos fazem ter a esperança e acreditar que o mundo ainda pode ser um lugar de respeito, honra, honestidade e dignidade.
    Essa atitude, que deveria ser vista como uma atitude normal, ainda é vista como uma coisa extraordinária, mas quem sabe um dia, o estranho e diferente seja alguém não fazer isso.
    Eu espero ainda viver num mundo assim, que se depender de pessoas como o Senhor Daniel e tantos outros, ainda vamos ter o prazer de contemplar.
    Muito bom mesmo.
    Parabéns pela postagem.
    Beijos.

  7. Ester, já tinha visto seu outro texto sobre ética, o qual eu concordei em gênero, número e grau e esse caso é a ilustração típica de tudo que você havia afirmado antes. Ótimo texto e ótimo exemplo.
    A esperança é, como acho que você mesma colocou, que isso não seja um ótimo exemplo, mas sim uma coisa completamente natural um dia. Quem sabe para nossos netos ^^
    Esperança, sempre deve haver.
    Bju

  8. Ester Beatriz disse:

    @William
    E do meu pai também!! :)

    -

    @Renan, @Carla, @André, @Fernando
    Obrigada queridos!
    Tenho sempre muito prazer em comentar sobre temas assim. Como eu disse, bons exemplos precisam ser reverenciados e que notícias como essa sejam cada vez mais frequentes. ;)

  9. Diego disse:

    Não tem pra ninguem, apesar de uns safados que mancham o Brasil, temos pessoas de bem, o Brasil é foda, naum existe pais melhor em questão de solidariedade, aposto que nos EUA, após o furacão KATRINA, as pessoas pensaram duas vezes antes de mandar ajuda, pois sendo um pais totalmente racista, teve gente que naum ajudou pois grande parte das pessoas atingidas eram negras. No Brasil a merda está toda em Brasilia, sem uma grande maioria de ladrões de lá, estariamos muito melhor!!!!

  10. Vinícius disse:

    É de se aplaudir a atitude desse homem.

    Isso me lembra o que aconteceu comigo a uns 7 meses atrás qdo eu ainda morava na Espanha.

    Tinha acabado de comprar um celular novo da nokia, que me custou €235.
    fui dar umas voltas com meu primo na cidade e paramos em uma pracinha, sentamos em um banco e ficamos ali por cerca de uns 25 minutos.
    qdo saimos eu esqueci a sacola com o telefone dentro, ainda na caixa.
    e fomos embora, quase uma hora depois qdo agente tava entrando no cinema eu me lembro do celular.
    saio correndo feito um doido, quase 15 minutos correndo, atravessei o bairro lá feito um louco, naquelas ruazinhas estreitas.
    quando chego na pracinha tinha um casal namorando no mesmo banco que agente tava conversando, quand chego perto correndo eles nem me esperaram perguntar sobre o celular, já vieram perguntando se era eu que havia perdido um celular ainda na caixa um pouco mais cedo.
    me devolveram e eu dei foi gracas a Deus por estar em um país com gente be meducada.
    Espero q um dia possa acontecer coisas dessas aí no Brasil :D

  11. ppedro disse:

    eu devolvia o casaco ashuahsuahsu

  12. marcio disse:

    Hipócrita? Pode ser, mas é em uma sociedade dessas que eu vou criar meus filhos.

  13. Ester Beatriz disse:

    @marcio
    Isso foi uma ironia ou uma indireta?

  14. galvão disse:

    o marcio pelo visto se enquadra na podre maioria da humanidade.

    Lamentável…

  15. Cassiano disse:

    Que isso, no meio de uma desgraça dessas, o cara perdeu tudo, achou 20 mil no meio de uma roupa doada e ainda devolveu?!?!
    Isso para mim é historia para boi dormir!!

    Mais fico muito feliz!! O problema vai ser encontrar o antigo dono do dinheiro né?!

  16. Luckaus disse:

    Eu devolvia o casaco [2].
    E Vinícius, que eu saiba brasileiro que vai pra espanha é puta ou michê. Só te devolveram o celular porque viram que tu é “brazuca”, sentiram pena de ti, não foi por serem “educados”. Acorda!

  17. Cindy disse:

    Peraí.
    Que tipo de pessoa deixa 20 mil reais NO CASACO?

Leave a Reply