Sexual Color por Gabriel Wickbold

wickbold21 150x150 Sexual Color por Gabriel Wickbold

Sabe quando você observa um trabalho fotográfico fantástico e fica realmente apreciando, procurando detalhes e imaginando como foi feito? Pois é. Eu adoro fotografia e assumo que poucos profissionais fazem de fato o meu queixo cair. Mas o paulistano Gabriel Wickbold conseguiu.

Clique na imagem para conhecer a galeria completa e abaixo, um pouco mais do projeto Sexual Color pelo próprio autor:

wickbold1 Sexual Color por Gabriel Wickbold

Misture beldades do porte de Adriane Galisteu, Fernanda Paes Leme, Didi Wagner, Natália Rodrigues, Fernanda Souza, Adriana Bombom, Bárbara Koboldt e Carla Fiorito, nuas, com chocolate, guache, tinta de aerógrafo, cipó de coqueiro, urucum, areia e maquiagem. Deixe bater por algum tempo e sirva em pedaços de papel. A cozinha onde esta vitamina de curvas e cores está sendo preparada existe, na Vila Nova Conceição, em São Paulo. O liquidificador que a fabrica se chama Gabriel Wickbold, um jovem fotógrafo de 25 anos e 25 mil ideias na cuca. O nome da bebida é Sexual Color, misto de coletânea fotográfica, laboratório de pesquisa e releitura de corpos sensuais. Como seu próprio nome sinaliza, Sexual Color relê o sexo por meio das cores. No caso, a pele, sem adereço ou proteção, entra como matéria prima, e as cores, como as letras desse experimento. Seios, lábios e cabelos se fundem, sob a chicotada pop da luz, em colisão orgástica com os materiais. As belas não são mais elas. Ao mesmo tempo em que cobre e protege a nudez limpa (e, na maioria das estrelas retratadas, inédita), a tinta despe, revelando personagens. Sexual Color entra em cartaz no segundo semestre de 2010, em Nova York, exportando a beleza da mulher brasileira em um formato inédito para a Big Apple. Experimente esse sabor.” (Trecho do site oficial)

Dica do Fottus (Que mandou muito bem nessa!)

You can leave a response, or trackback from your own site.

2 Responses to “Sexual Color por Gabriel Wickbold”

  1. [...] Conheci este trabalho através do blog Ah!TriNé!, da Dani Koetz. Veja aqui o post original. [...]

  2. [...] este trabalho através do blog Ah!TriNé!, da Dani Koetz. Veja aqui o post original #gallery-1 { margin: auto; } #gallery-1 .gallery-item { float: left; margin-top: 10px; text-align: [...]

Leave a Reply