Fomos na pré do musical “O Rei Leão”

Musical O Rei Leão

A expectativa era tão, mas tão grande que até tive medo do que iria ver e sentir no musical “O Rei Leão”.

Desde que foi confirmado, ano passado, que a montagem chegaria aqui comecei a imaginar como seria transportar a savana e seus personagens para um palco.

Quem me conhece sabe, sou mega fã de qualquer expressão cultural mas os musicais mexem mesmo comigo e, acredito, com a maioria do público também. Dança, interpretação, canto, luz e palco: uma fórmula que não é qualquer ator que pode encarar.

Imagem11 Fomos na pré do musical O Rei Leão

Na chegada ao Teatro Renault, vi muitas, mas muitas crianças e fiquei encantada. Claro, podia-se perceber na feição de alguns adultos aquela expressão: “Ih, vão chorar, incomodar…”. Aff. Tem que levar desde cedo mesmo!

E o espetáculo começa. Acho que fiquei a abertura inteira, literalmente de boca aberta. Se você for, também vai ficar.

Não é à toa que o musical vem sendo chamado de “Marco da Broadway”. Desde a escolhas dos atores, que cantam, dançam, representam e manipulam diversos bonecos e estruturas até cenário, interação com o público: é um show do início ao fim.

Sim, chorei. E também ri muito, me diverti e pude perceber o encanto do público.

E as crianças? Se comportaram?

Elas deliravam, tornando o espetáculo ainda mais envolvente, mas de maneira alguma atrapalharam. Curtiram os dois atos mais o intervalo na boa e, ao contrário de muitos adultos, não deixaram celulares ligados ou ficaram se movimentando na platéia.

Obrigada Guaraná Antarctica pelo convite! Amei!

 

 

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply